home  
empresa
       
 
 GUARDO PROTEÇÃO MÁXIMA EM SEGURANÇA ELETRÔNICA
 
 
  Dicas
 
   
 dicas
  •  LEIS DE SEGURANÇA ELETRÔNICA Nº 13.541
•  TERMOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA ELETRÔNICA
•  DICAS DE SEGURANÇA - II
•  SEGURANÇA NO TRÂNSITO E NO SEU CARRO
•  DICAS DE SEGURANÇA - I
•  10 DICAS DE SEGURANÇA PARA EXECUTIVOS EM VIAGENS
•  COMPARATIVO ENTRE DVR/STAND ALONE E PLACA DE CAPTURA
•  SEGURANÇA PREDIAL
 
 voltar

  .:: SEGURANÇA NO TRÂNSITO E NO SEU CARRO
Data: 08/11/2011


No Trânsito e no Seu Carro

Faça seguro do veículo. Não porte os documentos originais, utilize cópias autenticadas pela repartição de trânsito.

Instale algum sistema de alarme eficiente.

Mantenha seu carro em boas condições de funcionamento. Em caso de pane, procure estacioná-lo em lugar seguro, não aceite ajuda de desconhecidos solícitos, ligue para um mecânico conhecido e de confiança, ou chame um guincho. Telefone para a família, um amigo ou colega de trabalho para virem buscá-lo.

Ao estacionar, escolha lugares bem visíveis, movimentados e iluminados, feche bem vidros e todas as portas por menor que seja sua demora. Voltando, verifique se tudo ao redor está normal. Procure os estacionamentos vigiados, evitando deixar a chave do veículo para que não seja clonada.

Nunca deixe as chaves sobressalentes ou os documentos do carro em seu interior. Leve a chave do carro separada das de casa ou do trabalho. Jamais deixe a chave de ignição no contato.

Nos estacionamentos, controle se os dados do veículo estão corretos no canhoto.

Nunca deixe seus documentos, talões de cheque, cartões bancários, documentos importantes, celulares, pacotes, valises, objetos de valor ou que chamem a atenção ao estacionar. Ponha no porta-malas e tranque o que for necessário.

Nunca entregue as chaves do carro a "tomadores de conta", "flanelinhas" ou lavadores, mesmo que os conheça de vista.

Nunca fique, ou deixe pessoas dentro do carro ao estacionar na via pública. Sendo necessário, faça-o em local movimentado, e que permita ampla visão dos arredores. Vigie a aproximação de estranhos.

Em caso de acidente, socorra as vítimas, se houver. Mantenha-se calmo e avise a Polícia Militar. Não havendo vítimas, retire os veículos da pista e faça o Boletim de Ocorrência na Unidade de Trânsito mais próxima. Porte sempre sua Cédula de Identidade, a Carteira Nacional de Habilitação e o Certificado de Registro e Licenciamento. Mantenha o Seguro Obrigatório em dia.

Habitue-se a trafegar com os vidros fechados e portas travadas, usando o sistema interno de ventilação e/ou ar-condicionado.

Use sempre o cinto de segurança e obrigue seus passageiros a fazê-lo.

Prefira itinerários por ruas e vias movimentadas, evite trafegar por ruas isoladas ou mal iluminadas, ou estacionar em tais lugares.

Não pare na rua para atender o celular, principalmente à noite. Instale um equipamento de viva-voz, para evitar acidentes e poder atender chamadas.

Nos semáforos fechados, evite a primeira fila. Aproxime-se lentamente do cruzamento, para dar tempo de abrir, procurando ficar na pista central ou da direita. Parando, mantenha a primeira marcha engatada e preste atenção na aproximação de estranhos, mesmo que não lhe pareçam suspeitos.

Mantenha distância conveniente do veículo à sua frente (vendo seus pneus traseiros à altura do seu capô), para ter margem de manobra, e o mais próximo possível do carro à sua esquerda, para dificultar abordagem de pessoas ou motos. Mantenha controle de quem vem atrás pelos retrovisores.

Chegando em casa, verifique com atenção os arredores.

Não dê caronas a estranhos, nem pare para auxiliar motoristas em locais isolados e em horas avançadas. Caso lhe pareça um acidente, avise imediatamente a polícia. Notifique com precisão o local.

Se achar que o seguem com outro veículo, tente agir com naturalidade. Procure locais movimentados e trate de localizar uma viatura policial, ou peça ajuda.

Se for vítima de "batidinha" ou "ralada" que lhe pareça proposital, principalmente em locais isolados e de noite, não pare para constatar os danos. Entre em contato com a polícia e relate o ocorrido.

Caso um pneu esvazie sem motivo aparente, principalmente se estiver sozinho e transportando valores, prossiga até um local seguro para a troca.

Se o veículo apresentar algum problema inexplicável que impeça o funcionamento, após ficar estacionado na rua, não aceite ajuda de desconhecidos solícitos. Chame um socorro de sua confiança.

Se possuir CD, DVD ou MP3 retire a frente removível. Se não puder levá-lo ao sair, guarde no porta-malas.

Não compre nada em cruzamentos, nem dê dinheiro aos pedintes, principalmente à noite. Seu carro pode ser marcado com um chiclete ou outro meio, e você será esperado no próximo sinal.

Ao passar por uma barreira policial nas ruas ou estradas, não avise quem vem em sentido contrário com sinais. Pode estar avisando criminosos procurados.

Normalmente, ladrões removem ou substituem as placas em seguida ao roubo ou furto. Marque seu carro com algum adereço especial que o identifique, para facilitar o trabalho da polícia.

Não exiba sua condição no carro com adesivos de faculdade, do condomínio onde mora, de clubes, academia de ginástica, que levem a pensar que tem um bom nível de vida. Eles atraem ladrões, extorsionários e seqüestradores. Se tiver de sair com jóias e roupas caras, mantenha as portas travadas e vidros fechados, e redobre sua atenção.

Lembre-se: carro não é arma. É meio de transporte.